segunda-feira, 14 de abril de 2008

Seize the day

Olá caros amigos leitores deste blog. Para variar, não escrevi nada no final de semana, deve ser esta vida atribulada que não me deixa. Sexta-feira eu e a Soraya conversamos e a gente achou que ia ser legal ir no centro da cidade dar uma volta, e a gente foi no Devonian Gardens, onde tiramos algumas fotos:


A Soraya capturando o momento do meu encontro com o moleque

Soraya Modelete:


Arthur e a sua mochila da escola:


E os dois indo passear:


Foi bem legal. O Arthur adora este parque e a gente gosta do shopping que tem em volta, não é nem muito pequeno nem muito grande. Saindo de lá fomos ao lugar mais trash que existe na face da Terra, que é o McDonalds que fica na Oitava Avenida em Calgary. Peloamordedeus, a menina do caixa me perguntou quantos nuggest eu queria com o McLanche Feliz, o vovôzinho com cara de Baden Powell (segundo a Soraya) vendia drogas para as companheiras do asilo, os moradores de rua tinham ido todos juntos pegar um lanchinho, o banheiro estava sujo, WOW, foi trash. A comida, aquela coisa, aqui o Sundae não tem amendoim porque este povo tem alergia à tudo.

Mas foi bom de qualquer jeito dar uma passeada e mudar os ares. Saímos de lá, fomos para casa, eu fui comprar umas cervejas que ninguém é de ferro, e dia seguinte viemos todos ao meu trabalho tirar as fotos para o site:


(óbvio que eu não fui escolhido)

A coitada da máquina fotográfica do russo (Pentax K20D) nunca foi tão usada. Tiramos mais de 300 fotos nos dois dias e meio que ficamos com ela. Chegamos lá às dez e fomos embora quase às duas comigo segurando uma vassoura e pondo o pessoal para fora, eu bradando "eu não fico nem mais um segundo no meu escritório de Sábado!!!". Brincadeira, não foi tão ruim assim, mas eu queria ir embora e aproveitar o dia, afinal não é toda hora que a temperatura chego perto dos vinte graus. A Luisa deu uma carona para a gente até a 17 Avenida (Uptown 17), mas não deu para ela ficar, então fomos passear eu, Soraya, Renato, Mildred e os rebentos. As crianças que fizeram a festa:



Gabi e Lucas:


Arthur:


Mais uma do menino:


Soraya versão guarda de trânsito e Mildred:


Ainda deu tempo de ir no Nellies Cosmic Cafe, que diz que tem um Brownie "to die for" que mais está "to die of", que o bichão é ruim demais. O Lucas adorou, mas foi só ele. O bolinho que as crianças ganharam (elas ficaram em uma mesa separada foi bem melhor). Foi bem legal, eu estava meio grogue por ter acordado Sábado de manhã cedo e por ter ido para o escritório, mas foi bom ter saído de casa e ido para um lugar onde as pessoas vão para a rua.

O Renato tinha que ir embora trabalhar para por o leite na mesa das crianças e a gente ficou por lá, eu queria alugar uns filmes (There Will Be Blood e Walk Hard, eu gostei dos dois) e a gente queria comprar umas cervejinhas já que as de Sexta-feira (que eram só seis) já tinham ido quase todas. A Soraya teve uns problemas que só ela podia resolver, o Arthur ficou cansado e a gente pegou o bumba para casa. Sábadão foi bom, e Domingo a gente resolveu que ia ficar em casa para recarregar as pilhas.

E foi bom ficar em casa com a porta da varanda aberta e com o moleque brincando do lado de fora. Eu ainda fiz amizade com os vizinhos, que estavam do lado de fora com as suas crianças (descobri que o Arthur conhece absolutamente todos os moradores em volta da nossa casa), e um deles ainda por cima estava bebendo cerveja na calçada! Não tive dúvida, fui em casa, catei uma Miller e fui lá jogar conversa fora. Segundo o que ele me disse, é mesmo proibido beber na calçada mas a polícia só liga de verdade se for um grupo de jovens, se for um grupo de adultos responsáveis como eu, nada acontece.

Depois eu ainda fui com o moleque no WalMart, onde ele comprou uma pistolinha de água:



Depois de brincar por mais meia hora do lado de fora, ele foi tomar banho, comeu um montão de macarrão e foi dormir cedo, e foi direto até seis da manhã, quando veio para nossa cama.

Eitcha calor bão que fez neste final de semana.

Fui!!!

2 comentários:

Luciana disse...

Olha só...quantas fotos! Foi tipo um presente. :o*

Ravi disse...

:-)

E estas estao especiais porque foram com uma maquina fotografica diferentosa.

Beijos, Lu, manda um abraco pra todo o povo aih.

Cade meus acentos?