sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Olá amigos

Faz tempo que não dou uma palavra decente aqui no blog. Mas nunca é tarde, esta semana eu trabalhei bastante porque agora estamos fazendo algo que nos empolga um pouco.

Valmir, eu vi o seu comentário e pode deixar, eu não vou mudar mais o nome do blog. Vai ficar "Me At Canada", mesmo sendo meio piegas. E uma boa parte dos acessos que eu recebo é de gente procurando algo não relacionado ao Canadá, Ravi, Calgary ou o que for.

Eu criei este blog em Dezembro de 2006, para narrar a nossa futura viagem ao Canadá (na época). Eu nem sabia que eu era usuário desde Março de 2003. Quando eu cheguei, comecei mandando uns E-Mails para a galera, o que acabou virando o diário de bordo. Na verdade o mês de Junho é bem divertido, mas deve-se começar de baixo para cima, e não o contrário, e tem que parar de ler quando a depressão aparecer, porque no fim de Junho a saudade apertou - eu estava sozinho no meu apartamento, sem Internet, sem telefone e apenas com um computador e um editor de textos.

Estou aqui desde o dia 5 de Junho de 2007. A Soraya, desde o dia 5 de Julho. Neste meio tempo, a gente conheceu um casal de Brasileiros no Heritage Park, outro na Global Fest, e a gente nunca mais encontrou nenhum deles. A gente até se comunicou por E-Mail depois mas acabamos não nos encontrando mais. A Soraya conheceu a Cecília pela internet, acho que pela comunidade Mães em Calgary, e esta amizade virtual virou uma amizade real no Halloween, quando eles vieram aqui em casa e a gente saiu com um grupo de cinco crianças para fazer "Tricks or Treats". Foi bem legal e ontem a gente finalizou as cervejas que sobraram :-). A gente foi em um churrasco há uns meses atrás, na casa de um ex-colega de trabalho, mas o pessoal aqui é meio parado, eu estava esperando outros churrascos para aproveitar o verão, mas nada rolou.

Ontem foi impagável a nossa "conferência virtual" com o Raphael, o Kb.Lo, o Fabrício, a Cinara e por fim até o Akira entrou na conversa. Ficamos bebendo cerveja e batendo papo a dez mil quilômetros de distância. Eu até pensei em colocar a foto do computador mas ficou tão ruim, mas tão ruim, que não vale a pena. Kb.Lo, se você colocar alguma foto, me avisa!!! Nossa, ficamos mais de duas horas conversando, santo Skype.

As outras novidades são:

. A gente não vai conseguir ir para o Brasil em Novembro, tanto é que eu já combinei com a minha mãe e ela vai chegar aqui no fim de Novembro (dia 23), e ficar até o meio de Dezembro. Não vai dar para ela pegar o Natal (por causa das passagens aéreas que não existem mais), mas vai dar para ela ver os Doze Dias de Natal no Heritage Park (a Soraya estava louca para que ela visse isto);
. O que eu vou fazer é tentar conseguir um visto C-1 (trânsito), ou mesmo B2 (turismo), nos Estados Unidos, para a Soraya e o Arthur. Com este visto, a gente consegue fazer escala nos Estados Unidos indo para o Brasil, o que amplia enormente o nosso leque de opções;

Amanhã eu preciso ligar para os meus pais e colocar o papo em dia. Combinar a viagem com a minha mãe e saber das últimas novidades do meu pai. Nada como o telefone digital da Shaw.

Perdi o fio da meada.

Normal, isto acontece o tempo todo mesmo quando eu estou conversando ao vivo. Mas não faz mal, as pessoas continuam me achando um cara legal do mesmo jeito. Bom, eu ia escrever um pouco mais sobre o blog (blog sobre blog). Eu acho sensacional escrever aqui, até já escrevi sobre isso, e também gosto de ler o que as outras pessoas escrevem, é só ver aquelas seções aí do lado direito. Eu até vi em um site que uma das maneiras de fazer passar a angústia de uma viagem e de uma mudança é escrever um blog, já que é uma maneira de você contar o que anda acontecendo nas suas bandas.

Eu estou com sono e este post já perdeu um pouco do sentido. Dei muita risada lendo este texto sobre o Halloween. O Halloween aqui é bem legal, mas eu achei meio paradão, acho que é porque é escuro, já está bem frio e as casas são bem espalhadas. Mas, nossa, a gente tem doce para alguns meses agora. E algumas pessoas se empolgam e enchem a mão na hora de distribuir as coisas.

É bem louco. E é realmente algo que a gente não tem no Brasil e, embora algumas pessoas comparem com o Carnaval, não tem comparação. Primeiro que Carnaval é 100 vezes maior e segundo que Halloween é muito mais "família" do que Carnaval. Principalmente por causa do frio, não tem condições :-). Hoje no caminho para o trabalho tinham duas poças de água que já viraram gelo puro. Sensacional. Ficou o bobão aqui olhando e babando.

Bom, vou deixar vocês amigos. Hora de tomar banho, escovar os dentes, fazer algumas necessidades biológicas e ir dormir, necessariamente nesta ordem (talvez as necessidades biológicas antes do banho).

Fui!

Tchau!

2 comentários:

Victor Marinho disse...

Cara, seu blog é muito bom!
Seus posts são muito engraçados =]

Pretendo passar seis meses em Toronto qdo acabar o colégio(tô no 2º ano), e depois voltar pra morar quando acabar a faculdade - Eu sei que isso não te interessa, mas preciso falar isso pra me sentir feliz :)

Até quando seu blog existir eu vou ler!

Andresa e Marcio disse...

Oi Ravi, obrigada pela visita no blog.Seja bem vindo!
Andei lendo o seu blog e já coloquei um link no meu.Muito legal! adorei as postagens, super criativas. O mesmo com a blog de Soraya.
Ah! Hoje recebi aqui em casa um casal que acabou de chegar em Calgary.O blog dele é o Remigalu (tem um link no meu). Eles tem dois filhos (um menino e uma menina) na idade de Arthur.
A gente podia combinar de juntar todo mundo para se conhecer.
Um abraço,
Andresa