quinta-feira, 30 de julho de 2009

Estes dias eu descobri que o meu carro tem um pneu neve, atrás, do lado esquerdo. É o único e solitário pneu de neve. Quando eu vendi meu carro velho (para comprar outro carro velho), eu devia ter mantido meus pneus, mas não faz mal. Tudo bem que no fim das contas os pneus custaram mais do que o valor pago pelo carro, mas não faz mal. Neste inverno eu vou colocar pneus de neve no carro de novo, acho que com certas coisas não convém arriscar.

...

A gente vai no show do Pearl Jam, no Virgin Festival aqui em Calgary. Eu fui no show deles em São Paulo, e foi duca - a Soraya perdeu, mas desta vez ela vai. Aí embaixo, eles tocando em Sampa (no Sábado, eu fui na Sexta-feira):



Dia 8 de Agosto!

...

O verão vai bem, obrigado. A grama continua verde, o carro continua andando, e os passeios de bicicleta continuam rolando. Estes dias a gente tem até sofrido um pouco com o calor, mas hoje deu uma refrescada - neste momento, a temperatura é de 14 graus, um pouquinho frio. O frio daqui é diferente do frio de Santos, já que aqui o ar é bem seco e, se tiver sol, dá para sair de camiseta numa boa mesmo com 13 ou 14 graus de temperatura. Quando faz -35 graus a história é diferente.

Até descolaram um ar-condicionado no trabalho!

sexta-feira, 24 de julho de 2009

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Estupidezes Brasilienses

Eu não costumo falar mal do Brasil, mas nos últimos tempos, peloamordedeus:

Restrição de fretados em São Paulo


Eu por muito tempo morei em Santos e trabalhei em São Paulo. Não tem jeito - na minha área de atuação, só dá para arrumar emprego bom em São Paulo ou talvez no polo petroquímico de Cubatão. Durante este tempo, eu ia trabalhar de fretado. Todos os fretados em que eu viajei estavam sempre cheios. São 50, 52 pessoas, que agora vão começar a usar seus carros (mais provável), ou gastar duas vezes o tempo do fretado para usar o transporte coletivo de São Paulo, que já está saturado (sem poder descansar durante a viagem, vale notar). Segundo os jornais são 50000 pessoas afetadas por esta medida.

Coisa de gênio. Tira o fretado, enche mais o metrô, estressa um mundo de gente, coloca mais carro na rua, piora a qualidade de vida de quem tem que ir trabalhar na capital. Gênio. Se o problema era o lugar onde os fretados tinham que parar, porque não regularizar isso apenas?

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Algumas fotos

Família no Peyto Lake, um dos lugares mais bonitos que eu já vi:



Eu e o Tutú em uma casa na árvore no parque chamado "The Enchanted Forest", que fica na beira de TransCanada Highway.


(alto pra caraio)

quinta-feira, 16 de julho de 2009

terça-feira, 14 de julho de 2009

As viagens

Eu sei, eu sei. Fotos. Elas virão. No meio tempo, vejam as fotos de outras pessoas:

ICEFIELDS PARKWAY



A Icefields Parkway é a estrada que liga Jasper à Banff, e dispensa apresentações.

JASPER TRAMWAY



Este é um teleférico que fica na beira da Icefields Parkway e que sobe até o topo de uma montanha, de onde dá para ver a cidade de Jasper e todas as montanhas em volta da cidade.

COLUMBIA ICEFIELD



Este programa eu e a Soraya passamos. É ótimo para quem nunca viu neve ou gelo, mas a gente resolveu esperar até o inverno.

PEYTO LAKE



Sensacional é pouco para descrever este lago. O lago é visto de cima, do ponto mais alto da Icefields Parkway, e vale o tormento dos mosquitos que insistem em atormentar os visitantes.

VEREDITO:

Programa obrigatório para quem gosta de viajar. A estrada é muito bonita, as montanhas são, como meu pai bem definiu, imponentes, embora eu particularmente tenha achado alguns pontos com cara de paisagem lunar, principalmente próximo à Columbia Icefield. Vimos um lobo e um veado na viagem. O ponto de descanso que escolhemos (Hinton) é um pouco longe de Calgary (510 km), e a viagem acabou sendo mais longa do que pensamos originalmente. A van foi bem, obrigado!

O que nos preparou para a próxima viagem, que foi...

... VANCOUVER!



STANLEY PARK



Este parque é muito bonito, e fica na beira do OCEANO PACÍFICO, onde todos os curiosos tiveram a oportunidade de provar a água (era salgada) e de colocar os pés na água (fria que nem picolé). O mais interessante era ver uma água transparente ao lado do centro da cidade e ao lado do porto.

CAPILANO SUSPENSION BRIDGE



VANCOUVER AQUARIUM



O aquário é sensacional. O aquário de Santos nunca mais será o mesmo. O do Guarujá também nunca será mais o mesmo (eu nem tinha gostado tanto assim, para falar a verdade). Teve show com 3 golfinhos, que nós vimos de cima da água e também por baixo, teve algumas baleias Belugas (pequena para uma baleia), e teve as águas-vivas. O resto foi o resto. As águas-vivas foram as águas-vivas. Eu podia ficar lá o dia inteiro vendo elas subirem e descerem.

VANCOUVER DOWNTOWN



Calgary que me desculpe, mas o centro de Vancouver é sensacional.

O que mais vimos? Vimos Lake Country, vimos Kelowna, vimos Kamloops (desértica), onde encontramos o Fábio e a Scheila indo para Victória (eles nos viram parados no supermercado), vimos Osoyoos, mas não sei se Osoyoos viram a gente, vimos a serra da Highway 5 antes de Kamloops com todos os seus avisos de perigo no inverno (para fazer esta viagem no inverno, só com pneus de neve), é, vimos bastante coisa.

E também teve o MAR:



(desculpe que não são as minhas fotos - eu queria escrever sobre a viagem - eu vou colocar as nossos fotos em breve - a Soraya provavelmente vai atualizar o blog dela antes).

Vancouver tem cheiro de mar, cara de mar, brisa de mar e jeito de mar. A viagem é muito bonita. O centro da cidade é um centro de verdade, com seus prédios modernos, pessoas na rua e cara de metrópole. É como se Calgary fosse São José dos Campos e Vancouver fosse São Paulo, mas com um mar para dar uma distraída. Eu gostei bastante da cidade, e agora preciso só perguntar algumas coisas para o povo de lá.

Valeu!!!

Vou escrever mais depois!

Fui!

domingo, 12 de julho de 2009

O mar...

O mar...



Vancouver é sensacional. Não parece o mesmo Canadá de Calgary. A cidade é mais iluminada, as ruas são mais movimentadas, o clima é de calor, e tem aquele detalhe, o MAR.

Gostei.

Quando eu voltar eu conto mais.

Fui!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Assim como a Soraya, eu ando meio sumido! Mas é que a família veio nos visitar e nós estamos tentando passar mais tempos com eles e menos tempo na frente do computador. Final de semana passado nós dirigimos pela Icefields Parkway, uma estrada que liga Banff à Jasper e passa pelo meio das montanhas. Nós vimos um lobo, um veado, mas não teve nenhum urso no caminho.

Mas a estrada é mesmo linda. E o Peyto Lake é realmente sensacional. Meu pai tem uma revista de vários anos atrás (eu me lembro bem desta revista) que tinha uma reportagem sobre a rodovia - e a gente pensou - bom, vamos lá ver como é! Acho que a experiência ficou de acordo com o esperado, embora as fotos da revista estivessem mais ensolaradas. A viagem foi longa, acho que eu andei uns 1100 KM no final de semana...

... o que não é NADA, já que neste final de semana eu vou dirigir até Vancouver! Mamãe, não se preocupe que quando você vier nós vamos fazer uns passeios legais também! Mas, voltando, pela primeira vez em QUINZE meses eu vou ver o MAR, o AZURZÃO, o MARZÃO SEM FIM NEM FRONTEIRA, o OCEANO PACÍFICO. Vou tentar não chorar quando eu vê-lo.

Agora é hora de ir. Bejunda em todos.

Fui!