terça-feira, 15 de abril de 2008

Curtas

Preciso ir em um jogo de hóckey e ganhar uma camiseta:



É engraçado escrever aqui. Tem dias que dá vontade de pensar e refletir sobre um zilhão de coisas e tem outros em que só dá vontade de narrar os fatos. Outras vezes eu quero colocar todas as fotos que eu tenho ou então de colocar fotos mais antigas, com os amigos ou com a família. Eu trouxe TODAS as fotos que eu tinha no Brasil, e a gente pretende colocar as melhores na Internet, dá trabalho mas vale a pena, afinal é uma memória que vai ficar publicada para as outras pessoas que fazem parte daquele momento.

Já que estou falando de fotos...

Neste final de semana a Soraya usou e abusou da câmera do Eugene, e até criou uma conta no Flickr, que vai ser o seu Portfolio. Ela agora também quer comprar uma Reflex, e a gente deve investir nesta idéia quando sobrar uma graninha. Mesmo as máquinas Reflex apresentam diferenças substanciais entre si - a máquina do Eugene, uma Pentax, por exemplo, não conseguiu captar muito bem detalhes nas sombras em uma foto que tenha elementos muito iluminados, coisa que até a minha Powershot S3 faz melhor. A máquina que eu quero comprar, a Canon 40D, tem ótimas respostas para fotos do dia-a-dia e também faz bonito quando as fotos tem que sair um pouco mais "inspiradas". Ela só é um pouco cara, já que nem tudo na vida é perfeito. Mas agora que a Soraya também se interessou, e já que ela planeja ir além nesta idéia, é um investimento que passou a valer mais a pena.

A gente tem uma máquina no Brasil que era do pai da Soraya, uma Pentax MX. Ela é analógica, funciona com filmes, coisa que ainda vendem aqui, em um canto de uma prateleira no supermercado. A Soraya quer trazer a câmera e eu apoio a idéia - tem uma coisa que não dá para fazer com máquinas digitais que é tirar fotos com tempo de exposição super longo, como cinco minutos ou duas horas. Eu tirei umas fotos muito loucas em Florianópolis com esta câmera, há seis anos, eu acho (é engraçado, parece que foi ontem, mas o Arthur nem era nascido ainda - a Soraya estava grávida e nem sabia ainda), e algumas só ficaram boas mesmo porque a máquina funciona com filme. Uma coisa que eu nunca fiz mas que eu vou fazer se esta câmera vier nos visitar (Kb.Lo, acho que vai sobrar para você) é tirar uma foto de cinco horas do céu para ver a rotação da Terra no rastro das estrelas.

E já que estamos falando de fotos, lembranças e outras coisas, o final de semana de "calor" deu uma certa animada na gente. O inverno é realmente dureza. Foi ótimo passear no Sábado e passar o Domingo em casa com as portas abertas e o Arthur brincando do lado de fora. Domingo ele fez a festa, foi no vizinho, brincou no playground de uma casa que está fechada (nada como ter contatos nesta vida), brincou na frente da casa umas três vezes, foi no WalMart comigo, comprou pistola da água, brincou do lado de fora por mais um tempão, se sujou de barro, tomou banho, comeu e dormiu feliz da vida.

É engraçado porque a gente gosta de passar um dia inteiro do final de semana em casa, e agora que a Primavera vem ganhando um pouquinho de espaço do Inverno a cada dia que passa, vamos poder ficar em casa mas fora dela :-). Não somos anti-sociais, só gostamos de curtir o nosso cantinho vez ou outra.

Eu ia refletir um pouco mais mas o teclado ficou "duro" de novo, sinal de que é hora de trabalhar. Monkey Coder, here I go.

Fui!!!

Um comentário:

Daniel disse...

Ravi, a 40D é uma bela camera, profissional. Existem uns modelos mais em conta no mercado. Como a Canon 450D...Olha as nikon também. : )

Abraços

Daniel