sábado, 23 de agosto de 2008

FREEEEEEEEEEEEEEEEDOM



Porra! C*******! PQP! Fuck! PQP! FREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEDOM!

Este era eu, hoje, 3 da tarde, ao fugir do escritório depois de receber o pagamento. Saí de fininho - me despedi dos três gatos pingados que sobraram por lá, e dei o fora. Fugi. Dei pista. Coração na boca. Dei um pinote até um carro, dei partida, uma marcha a ré com cuidado depois da véia safada, tive que esperar uma ambulância passar na rua e lamentei não ter um CD do Rage Against the Machine para ser a minha trilha sonora.

CAAAAAAAAAAAAAAAAAAARAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA..............lho

Acho que eu sei mais ou menos como um preso se sente ao fugir da prisão. Eu só queria ir para casa o mais rápido possível. Estava em frente ao prédio onde eu vou começar a trabalhar (é caminho, além de tudo), e o trânsito pára. Dois carros de bombeiros descendo a 17 Avenida. Olho para a Deerfoot (uma rodovia dentro de Calgary) e está tudo parado. Levo uns 10 minutos e consigo sair do enrosco, indo para a Memorial Drive, que costuma enroscar mas que hoje estava livre. No rádio, o locutor vem e diz:

"Pois é, e um acidente inusitado na Deerfoot embaixo da Barlow. Uma casa entalou embaixo da ponte. Vou conversar sobre este assunto assim que tiver mais detalhes."

Provavelmente um caminhão levando uma casa na caçamba passou da altura máxima recomendada e travou todo o trânsito de Sexta-feira à tarde. Super. Sensacional, eu pensei, nada como no último dia encontrar uma casa entalada no caminho, mas infelizmente eu não pude ver tal cena (se eu soubesse que era uma casa entalada talvez eu gastasse uma meia horinha a mais só para registrar tal imagem).

Mas aí eu já estava mais tranquilo. A adrenalina já tinha passado. Porque será que eu sou assim? Me senti uma criança fazendo coisa errada. A Soraya me disse (leiam futuros patrões) que é porque eu tenho um senso de responsabilidade muito forte e preciso sentir que estou fazendo sempre a coisa certa. Sei lá.

Bom, lá pelas tantas, mais ou menos perto de casa, a secretária com distúrbio bipolar me ligou e me perguntou porque eu tinha saído mais cedo, e eu resolvi inventar uma desculpa ao invés de gritar "FREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEDOM" na orelha da infeliz. Acho que uma hora depois eu mandei um E-Mail com o título em letras garrafais para ela, os outros filhos do véio safado e o véio safado em si:

RESIGNATION LETTER

Acho que o conteúdo é meio pessoal demais para eu colocar aqui, mas em resumo eu expliquei que preciso de mais estabilidade, que mesmo que as coisas estejam indo bem agora eu não posso apostar nisso e que eles nunca honraram algumas coisas que me foram prometidas.

Porra. Estou livre. As amarras foram soltas. A caixa de Pandora foi aberta. E eu peguei a chefia de calças curtas. Eles não esperavam. O diabinho dentro de mim deu um sorriso de orelha à orelha. No almoço eu até pedi desculpas para os meus colegas que estavam ficando por ter falado mal da empresa e por estar saindo, mas acho que eles entenderam muito bem os meus motivos. E eu sou profissional até o último fio de cabelo, tanto é que eu nem mandei ninguém à merda, nem fiz bundalelê e nem gritei FREEEEEEEEEEEEEEEEEEDOM no megafone na porta do escritório.

Mas no meu MSN está escrito "FREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEDOM" e eu coloquei a foto que começa este post.

Muito bom.

Fui!

5 comentários:

Elaine Bittencourt disse...

hehehehe
Bom, agora eh olhar p/ frente!
Sucesso p/ voce!
e otimo final de semana p/ familia!

Laura disse...

Boa sorte no seu novo emprego Ravi!

Tb tive uma péssima experiência com meu primeiro emprego aqui no Canadá, mas no fim saí de lá pela porta da frente e ainda agradeci pela oportunidade que me deram....

Bom fim de semana!!!

Anônimo disse...

Parabens Ravi!!!

Acho que todos passam por uma experiencia de trabalho "nao tao boa" quando chegam aqui no Canada.
Eu tive a minha tambem...Mas no final fiz o maior "aue", o que me arrependo ate hoje...
Depois precisei de referencias...heehehe
Mas, que bom que tu saiste numa boa e ainda por cima indo direto para outro emprego!

Parabens mais uma vez,

Que Deus te abencoe e tambem a tua familia,

Claudia London/ON

Eliane disse...

Ravi, que bom!
Foi uma delícia ler esse post. Adorei!, Parabéns por essa nova etapa na sua vida. O Paulo está aqui do meu ladinho, lendo o seu post e como dizem os paulistas, rachando o bico de tanto rir.
Bjos e boa sorte na nova etapa da sua vida, estamos aqui torcendo por vc.
Eliane e Paulo.

Ravi disse...

Valeu gente!

Vamos ver se o emprego novo é bom de verdade! Depois eu coloco mais informações aqui!

Abraços, Ravi.