quarta-feira, 19 de março de 2008

Movies

Uma das coisas mais legais que eu trouxe do Brasil nesta última viagem foram os nossos DVD's. Não são muitos, mas são os que importam. Eu gosto muito de algums filmes e algumas séries, e de vez em nunca dá vontade de rever alguma coisa. Neste fim-de-semana, por exemplo, eu assisti Náufrago:



E na semana passada, foi a vez de Band of Brothers:



Eu não sinto que um filme bom foi assistido de fato até que eu o veja pela terceira vez. Não sou que nem o Arthur, para quem não conhece um barrigudinho que mora lá em casa, que já viu o mesmo filme do Thomaz 50 vezes. O moleque é fora de série. A gente já decorou totalmente os diálogos de alguns filmes infantis.

Como eu não leio livros (não por escolha moral, tipo "não como carne", mas sim porque eu sou preguiçoso), toda a literatura que eu posso absorver vem dos filmes. Talvez por isso eu tenha uma memória fenomenal para lembrar de nomes e cenas de filmes. A gente almoçando ontem e eu só peguei a frase "tinha aquele outro filme, antes, também, tipo Matrix", e eu só emende "13. andar".

Outro dia meu chefe antigo falando de um filme em que o moleque tem uns poderes especiais e pode gerar energia, mas ele não sabia o nome, e eu emendei "Energia pura". E poraí vai. Um dia o Kb.Lo estava em casa zapeando com o controle remoto quando apareceu uma cena de um hospital, coisa de um segundo. Ele mudou de canal e eu disse "volta que vai explodir uma bomba atômica". Sem entender muito ele voltou para o canal e disse "cara, você está doido, a mulher está em um hospital", quando BUUUUM, explode a bomba. Era a Soma de Todos os Medos, filme meio tosco com o tosco Ben Affleck. Olha o poster:


(tudo bem que morre meia dúzia de gringos e que o mundo poderia acabar, mas cara de mau na capa de filme, ninguém merece)

Bom, falando de Náufrago, é um dos meus filmes preferidos, talvez o filme preferido, primeirão da lista, top of the world, king of kings, fucker of fuckers. O lance do Wilson, da caixinha que ele não abriu e que tinha um telefone por satélite com bateria infinita + isqueiro e todo o resto. Eu gosto de quase todos os filmes que eu conheço do Tom Hanks, se bem que talvez não o tosco Matador de Velhinhas:


(este último eu só vi uma vez, de qualquer jeito - só para você não ver mesmo, todo mundo morre no final, menos a velhinha)

Isso me lembra que eu preciso passar na locadora e pegar os últimos lançamentos. Já faz mais de um mês que eu não dou o ar da graça por lá. Dizem que tem umas coisas boas poraí, vamos ver.

E já que a minha vida não é filme, preciso trabalhar!

Fui!

Um comentário:

kb.lo disse...

fala Ravi/Sô e Tu... Provavelmente este é o primeiro comentário "postado" direeeeto de Piiindorama !!
Estou aqui, sexta-feira santa.. Tomando cerveja a contr-gosto da minha sogra que disse que não podia no dia de hoje.. Mas, j'a não basta não comer carne, certo !?

bjs !!
vou mandar um e-mail procês.. mais tarde ligo aí !

bjs