segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Blog em marcha lenta pelos próximos doze dias...

... já que vou estar viajando. Embora o evento que a gente vá cobrir seja em Barcelona, a gente vai ficar em uma cidade chamada Sitges, que fica mais para o sul. Na hora em que eu falei para a Soraya o nome da cidade, ela disse "ah, tá, já ouvi falar". Como assim já ouviu falar? Acontece que a cidade é famosa pelo seu carnaval, cultura, e também por ser um dos principais destinos de turismo gay da Europa. Eu nem sabia que Barcelona era na Catalunia, vou conhecer uma cidade chamada Sitges? Parece nome Grego.

E lá vai o bonitão aqui, depois de ir para São Francisco, indo para Sitges. A casa que o pessoal do trabalho alugou não é fraca não, tem piscina e mais uma meia dúzia de frescuras. Dizem que dá para ver a praia de lá. É inverno lá também, mas eu pretendo pelo menos pisar em um outro Oceano (no caso, Mar, porque é o Mediterrâneo, até onde eu sei a gente chama de Mar e não de Oceano), já que quando eu fui para São Francisco só vi o Oceano, mas não pisei nele. Em compensação, pisei na Golden Gate, mas não vi a danada. Acho que agora eu consigo fazer alguma coisa por inteiro.

Legal mesmo seria se a Soraya e o Arthur fossem comigo, parece que estas viagens ficam meio "vazias" quando eles não estão juntos. Uma das viagens mais legais que a gente fez foi para Paraty, já faz mais de três anos, o meu carro (snif, snif) era novinho ainda. Foi só um final de semana, mas ficou bem registrado na memória. Quando eu faço este tipo de viagem é como se não tivesse alguém para compartilhar as lembranças, sei lá, é um pouco estranho. O que importa é que ela está feliz por eu ir (valeu, Sô), e que eu vou tentar tirar o maior número de fotos possível. E dia 17 eu volto. Se tiver internet por lá e também se algum notebook estiver disponível, aqui escrevinharei.

Fui!

Abraço à todos.

ps: É engraçado que eu não fico pensando "que puta viagem", acho que eu pensaria isso se fosse a turismo - eu fico pensando mais nas coisas que eu vou ter que resolver por lá, no trabalho, do que na viagem - a única coisa que eu fico pensando por lá é ficar na praia e sentir um pouco da brisa do mar, já que eu acho que vai ser como estar em Santos no inverno - a praia está lá, eu estou aqui, e estamos bem assim - está muito frio para poder tomar um banho de mar (se bem que não sei, do jeito que eu gosto de mar, vai saber). Já é o terceiro país a visitar, até oito meses atrás eu não tinha botado os pés fora do Brasil. Que coisa. Agora eu tenho que cumprir a minha promessa e levar a Soraya e o Arthur para visitar estes lugares também.

ps 2: Hoje recebo um E-Mail da Expedia me dizendo que tinha havido uma mudança no meu vôo para o Brasil e que eu precisava ligar com URGÊNCIA para lá para saber o que tinha acontecido. Puta merda, "o que será que aconteceu?", "não vou mais para o Brasil", "descobriram que a passagem estava muito barata", "meu nome entrou no SPC", "o dono da empresa é católico e descobriu que eu não sou batizado", o que aconteceu?!?! Meia hora pendurado no telefone depois, descubro que a viagem de Calgary para Toronto foi adiantada em uma hora - a menina do outro lado me pergunta se tinha algum problem e eu respondo "problema nenhum - quando eu li o E-Mail eu achei que tinham é cancelado tudo" (em Inglês foi "whatever - i thought that everything was cancelled - one hour, no problemo").

Fui!

Um comentário:

Soraya Cruz Wallau disse...

Brigadão por pensar na gente nesses momentos. Snif snif, ando meio chorona, acho q é a saudade. Vc lembra q eu te amo, né?!