quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

2011

Dois mil...

... e onze.

Eu vou para casa logo. É hora de ir para casa depois de um dia longo de trabalho. Felizmente, foi o único dia de trabalho desta semana. Estavam no trabalho eu, um outro desenvolvedor, o cara de IT, a secretária, e uma moça que faz a contabilidade da empresa para substituir a moça que foi demitida, que por sua vez substitui uma outra que ocupou o cargo temporariamente (e que também se demitiu, mas porque foi embora para outra cidade), que por sua vez substitui uma outra moça que esta sim, se demitiu porque estava estressada.

José falou de João que citou Mário que copiou Manoel.

Ontem começou a nevar. Quando você não fica olhando a previsão do tempo 2 vezes por dia, uma neve até surpreende. A temperatura despencou. Agora está fazendo -17 graus. Puta que pariu, -17 é frio. Ontem acho que a temperatura estava negativa, mas estava logo ali, quase zero grau. Agora não, esfriou mesmo - o carro fica manhoso, o frio aperta, o pneu não dá mais tanta tração, e a garrafinha de água não pode ficar no carro para o dia seguinte.

Mas, vamos lá. 2010 está acabando. Mais uns dois ou três e dias e vapt, acabou. Sai 2010, entra 2011. O ano de 2010 foi intenso. Em primeiro lugar, a Hannah veio para aumentar a família. Agora somos 4. A Hannah nasceu pequeninha mas agora está gordinha, bochechuda, rosada e gosta de um colo. O Arthur teve um ou dois dias de ciumeira mas agora já virou um belo de um irmãozão. Eu e a Soraya estamos felizes da vida com a molecada que temos em casa. Eu e o Arthur temos o nosso dia da semana para fazermos um passeio em família (ir na piscina pública), de vez em quando vamos fazer um ou outro programinha só dos meninos (ir no cinema, etc...), mas a Hannah ainda não conhece a maioria dos nossos amigos de Calgary já que ela ainda está muito novinha.

A Hannah chegou, fomos para Seattle em Julho, em Janeiro teve o casório do Kb.Lo no Brasil, em Fevereiro voltamos, fomos até Revelstoke para passear e vimos mais de metro de neve em Rogers Pass, eu tentei nada no Pacífico mas morri de medo de ficar congelado e não fui, vimos um vulcão, vimos o marzão, eu virei mecânico de carros, aconteceu um monte de coisa, o Rapha veio nos visitar e foi com a gente conhecer os United States, o Tutú começou mal na escola mas depois melhorou, a Soraya cresceu, cresceu e de repente a população mundial foi de X para X + 1, a gente mudou (de novo), e eu miraculosamente passei o ano INTEIRO no mesmo emprego. Sensacional. Ninguém vai me demitir hoje, então acho que posso afirmar com 100% de certeza - foi a primeira vez que eu passei o ano inteiro no mesmo emprego depois que eu vim para o Canadá! No meu imposto de renda do ano que vem, vou usar só um T-4.

Agora, 2011. Poucas metas para 2011, mas as que temos são ambiciosas. Mas estas eu vou guardar para a gente.

Mas em 2011:

. 33 anos de vida, 10 de casado, 13 junto com a Sô (coincidência, o nosso aniversário de casamento é dia 13 de Janeiro), 9 tendo um filho (o Arthur vai fazer 9 anos em Outubro);
. 4 anos de Canadá;
. 15 anos sendo um motorista;
. 15 anos fazendo programas profissionalmente (programa de computador, diga-se bem);
. A Hannah vai fazer um ano em 2011;
. A Soraya também vai fazer 33.

Bom... Hora de ir para casa.

Fui!

2 comentários:

Marina Quico e Alice disse...

Feliz 2011 par vocês! bjs. Marina

Soraya Wallau disse...

Vc esqueceu...10 de casados e 13 estando juntos. Pô, esses números são consideráveis!!!
Gostei desse post. :D
Bjinhos