sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

O dia das novidades

Hoje me aconteceram duas coisas que não tinham acontecido no Canadá.

Pela manhã, quando eu fui levar o Arthur na escola, eu saí de casa com o cabelo molhado (depois do banho matinal), e como eu saí correndo não deu tempo do pouco cabelo que restou secar. Cheguei na escola, larguei o Arthur, voltei para o carro, encostei no encosto e senti o cabelo duro. Por um segundo eu pensei que eu não tivesse enxaguado o cabelo, mas quando eu me dei conta, era o cabelo que tinha congelado.

Estava frio hoje, a propósito. Acho que uns -16 de manhã. Frio o suficiente para congelar o cabelo, mas se tivesse mais frio eu ia estar usando um gorro (eu estava sem gorro hoje), e aí o efeito especial de hoje não ia ter ocorrido. Depois de mais uns minutos quando o meu carro já não era mais frio como um navio quebra-gelo, o meu cabelo tinha voltado ao normal.

A outra coisa foi uma sorte danada. Aqui no trabalho eles fazem um sorteio mensal para os funcionários que ganham "pinguins". Funciona assim - toda vez que você faz alguma coisa que as pessoas acham legal, você recebe um pinguim. Todo o mês, eles pegam as pessoas que mais ganharam pinguins e fazem um sorteio de um vale presente de 500 dólares. Depois, a cada trimestre, eles fazem outro sorteio com todo mundo e desta vez é um vale presente de 1000 dólares. Não sei porque cargas d'água, eu ganhei três vezes hoje no sorteio atrasado dos últimos três meses. A gente vai pegar mais de metade do valor como vale do Wal-Mart para poder fazer compras de graça por um tempo, e o resto a gente vai usar para engordar o Natal ou para guardar para eventuais coisas que a gente precise/ queira comprar.

Como o bônus de Natal ainda não chegou, esta foi uma sorte danada.

Agora preciso voltar a trabalhar para ir embora no "horário".

See you!

Fui!

2 comentários:

Rachel disse...

Pinguins!
Muito massa, kkk

boas festaas

Marina Quico e Alice disse...

Então o Papai Noel esteve por aí, hein? bjs. Marina