quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Mais novas

A Hannah já deu uma crescida:



E também uma engordada. Sábado passado a gente pesou a Hannah e ela já pesa um quilo a mais do que ela pesava quando ela nasceu, ou quase um quilo e meio mais do que quando a enfermeira pesou ela em casa. O Arthur está ansioso pelo Natal, e a gente anda cansado com a rotina. A Soraya está só o pó. Eu vou levando, tudo depende do tipo de trabalho que eu estou fazendo. Se é programação eu vou que é uma beleza, se é alguma outra coisa o ritmo diminiu...

É engraçado que nesta época a gente realmente se fecha no casulo. A gente provavelmente vai esperar a Hannah completar dois meses antes de começar a chamar as pessoas para irem em casa ou começar a ir na casa das pessoas, só para ela já ter um pouquinho mais de resistência. Eu fico aflito achando que os meus amigos não vão mais gostar de mim, mas eu tenho esta preocupação com todos os meus amigos, os daqui e os do Brasil também. Será que é um pouco de insegurança? Será que eu sou indeciso? Será?

Será? Hoje eu estava ouvindo Chico Buarque a caminho do trabalho. Me deu vontade de ouvir depois que tocou Buena Vista Social Club no rádio. Sensacional. Mas eu não ouvi a música que tem "O que será que será?".

Bom.

Infelizmente.

Eu preciso ir trabalhar.

Eu vou escrever mais no blog. Preciso deixar de só consumir a Internet e voltar a produzir.

Fui!

2 comentários:

Marina Quico e Alice disse...

Ravi,
É perfeitamente compreensível que fiques aflito com muito movimento de gente perto da Pulguinha... Não estressa com isso. A filhota está linda mesmo! bjinhs nela e no Artur. Marina

Ravi disse...

Obrigado, Marina!

Mas logo a gente sai do casulo!

E aí, curtindo o Inverno?