domingo, 19 de abril de 2009

Em Calgary, 19 horas.

Olá amigos da Rede Globo! Faz tempo que eu não apareço por estas bandas... Neste final de semana aproveitamos os dias de SOL e, aham, CALOR (dentro do carro de costas para o sol) e fizemos dois passeios bem legais - ontem, Sábado, fomos levar o Arthur no Supertrain, uma exposição de trens em miniatura que acontece uma vez por ano aqui em Calgary, e foi tããão fácil de chegar - acho que levamos uns 25 minutos de carro X 2h30m que levamos no ano passado, quando fomos de ônibus. E no ano passado estava fazendo um frio de lascar, ventando, nevando, apitando, congelando, azulando, uma desgraceira sem tamanho. Agora, em 2009, não. Maravilha, sol, rolinhos de feno rolando no horizonte (sério), e mais ânimo para ir passear.

E depois do Supertrain fomos dar uma volta de C-Train para satisfazer os desejos do nosso czar.

Hoje acordamos com a expectativa de sol (que deu as caras uma hora ou outra) e de calor (que foi sabotado pelo vento), e fomos dar uma volta de bicicleta (a gente correndo atrás do Arthur) no Prince Island, o parque que fica no centro da cidade onde eu fui várias vezes antes da Soraya e do Arthur chegarem do Brasil. A Soraya não gostava muito do parque porque era uma caminhada cansativa para chegar lá (várias e várias e várias quadras de comércio fechado e prédios vazios), e eu a convenci de que ia ser que nem o Chinook - o shopping que ficou mais bonito quando a gente foi de carro pela primeira vez. E não é que é mesmo? O carro, a gente para bem perto do parque, e de final de semana o estacionamento é de graça. O Arthur andou de bicicleta um monte, a gente andou um monte, e depois fomos fazer as compras da semana cansados que só. Mas foi bom, temos que agarrar estes dias de sol com unhas e dentes mesmo.

E nós vimos uma represa de castor, uma toca de castor, várias árvores cortadas por castores (e entendemos porque eles colocam uma tela metálica em volta de algumas árvores, é para impedir que os beavers a derrubem), mas não vimos nenhum castor.

Fica para a próxima.

E de resto?

. Não que a mulher desempregada, que "nunca foi beijada", humilde, simples, canta bem mesmo? Impressionante. Se eu gostasse desse estilo de música eu até comprava um CD;
. Falando em música - eu começo meu dia de trabalho com música clássica (sério), pulo para Nirvana (um dos meus álbuns preferidos é In Utero - a vergonha maior é saber que eu comecei a dar mais atenção para este álbum depois que eu ouvi Scentless Apprentice no Lost), vou para Chico Buarque, estou com pressa e pulo para Rage Against The Machine, depois volto para a música clássica para corrigir as cagadas que eu fiz durante o meu "sprint", de vez em quando emendo com um pouco de Led Zeppelin, e quando eu vejo que não tem ninguém olhando eu ouço Queen e Secos e Molhados. Aí eu volto e ouço os primeiros CD's do Metallica;
. A gente tem uma toca de algum bicho no nosso jardim - não sei se é coelho ou chipmunk - mas eu acho que em breve a gente descobre;
. E o tempo mudou - embora eu não duvide de nada, acho que não neva mais não.

E é isso aí amigos. Quando eu tiver alguma novidade, a colocarei aqui.

Fui!

5 comentários:

Pai dos trigemeos disse...

Cara, o astral mudou. Post animado. Beleza!
Nunca vi castor, gostaria muito.
Abracos

Ravi disse...

Valeu, Octávio, vamos ver se eu volto à escrever mais, né?

Abraços, Ravi.

Ravi disse...

Valeu, Octávio, vamos ver se eu volto à escrever mais, né?

Abraços, Ravi.

Soraya Cruz Wallau disse...

Aêeee!!!! Até q enfim!
O findi foi legalzão, espero q a gente tenha mais findis legais assim.
Bjos

Criska disse...

E viva o soooool!