segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Frio e fatos

Neste final de semana fomos até Okotoks. Só para ir no Mc Donalds, que por aquelas bandas até que é bom. Lá tem um daqueles playgrounds "estilo McDonalds" que está sempre limpo e vazio - ou seja, praticamente o paraíso. Depois, voltamos. O mais engraçado de andar por estas bandas é que está tudo BRANCO. Os campos, brancos, os telhados, brancos, as pessoas, brancas, já que o sol brilha mas timidamente. Os cabelos, os poucos que sobraram, andam ficando meio brancos, mas nada que EU perceba (mas a Soraya percebe).

Ontem a gente andou, andou, andou, andou, viramos na estrada errada (que nem fizemos da outra vez que fomos até Okotoks), e quando estávamos voltando para o caminho certo vimos uma placa com uma figura de um avião (aeroporto). Falei para a Soraya "olha, um aeroporto", e lá fomos nós. O tal do aeroporto a gente nunca achou, mas vimos um bando de veadinhos (e não é que eles pulam mesmo?), e por fim paramos em um lugar chamado the SASKATOON FARM, onde prometemos voltar no verão. O carro estava tão quentinho e o sol estava tão gostoso que a gente tentou prolongar o "efeito estufa" pelo maior tempo possível.

Ah, o frio, este maldito safado.

Os patos ainda estão voando na minha janela. E ainda sem direção. Acho que na verdade eles não são vulneráveis ao frio - assim como os coelhos - e os esquilos - e uma ou outra mulher que tem coragem de vestir uma minissaia neste tempo. Ontem com a temperatura a -20 graus eu saí de casa de calça, chinelo e camiseta para ir plugar o carro na tomada - perks de Calgary - e quase fiquei com frio. Ainda bem que eu fui rápido no gatilho (saí de casa correndo), mas não o suficiente para não assustar o cara que foi entregar a pizza no vizinho, que provavelmente achou que eu estivesse indo fazer cooper (fazer cooper, fazer um cooper, "cooper" ou o sem frescura CORRER?).

Cooper? Correr por lazer? Eu sempre me lembro do filme "De Volta Para o Futuro III", quando o "Clint Eastwood" (o nome que o cara adotou quando voltou para o velho oeste) diz para os cowboys de antigamente que na nossa época as pessoas correm por lazer.

Ou para fugir do frio.

Vou falar a verdade. Sério agora. O frio enche o saco. É chato. É foda. É complicado. Os dias são curtos, quando o sol vem dá vontade de vestir uma bermuda e ir fazer um churras, mas quando você liga a TV a temperatura ainda é de -15 graus - quando vem o Chinook é ÓTIMO mas aqui NÃO SE VENDE CARVÃO NO INVERNO, ou seja, nada de churrasco por uns 8 meses. A não ser que você seja um pouquinho menos pobre do que eu (ou menos fresco) e tenha uma churrasqueira à gás. Na verdade, é engraçado. No começo (vai lá, nas primeiras semanas) a neve é bonita, os campos brancos são inesquecíveis, o gelo na rua é divertido, mas depois fica a nostalgia dos dias de verão. Um dia eu vou ter uma casa com uma estufa imensa, vou plantar umas plantas tropicais e alugar por hora para quem quiser plantar outras coisas.

Bom, preciso voltar.

Fui!

3 comentários:

Cah | MeInCanada.com disse...

Huahauhauah, mto bom o post! Mto legal o blog!

Eu criei um blog tb pra contar a minha viagem pro Canadá!Vou fazer um intercâmbio! :D

Mto legal os textos sobre a sua experiencia por ai! Parabéns!

Soraya Cruz Wallau disse...

Eu posso ser sua sócia??? Please, with a cherry on top????
Bjos! Amo vc apesar desse frio ;)

Ravi disse...

Valeu Cah!

Valeu muié!