quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Aqui no Canadá os banheiros públicos são diferentes do Brasil. Enquanto no Brasil você tem porta inteira, aqui é uma meia portinha sem vergonha com uma fresta de um centímetro de cada lado. Você sabe se o banheiro está ocupado olhando por baixo da porta. É meio constrangedor no começo, mas depois você se acostuma a perder a privacidade na hora de fazer as necessidades.

Hoje em dia eu já não ligo mais.

A não ser, é claro, no mictório do meu trabalho. Não sei se porque o prédio é tombado ou se por outro motivo, mas os dois mictórios do banheiro são colados um no outro. Sério. Ombro a ombro. Você está lá, sossegado fazendo o seu xixi, olhando para baixo só para garantir que as coisas saiam como previsto, e vem alguém sem noção, e ao invés de ir até a privada, vai e usa o mictório. Aí eu penso "merda", vou para o lado, fico olhando para o alto, faço tudo às pressas, e saio xingando.

Toda vez que acontece isso eu penso "PORRA, USA A PRIVADA!". Que droga. Toda vez que EU vou no banheiro e tem alguém no mictório, eu vou até o banheiro, levanto a pseudo-tampa da privada, e lá vou eu. Simples.

Simples mesmo.

Quando eu fui para a Espanha, os caras daqui ficaram maravilhados que as portas do banheiro de lá fechavam totalmente. Privacidade!!!

Um comentário:

Pai dos trigemeos disse...

E ai, Ravi.
Acho que isso deve ser uma coisa bem norte-americana porque nos states tambem eh assim...desagradavel, mas acho que acostuma mesmo. Ao longo da vida eu fui desencanando dessas coisas, tambem depois de cada experiencia no sertao nordestino, nao tinha jeito mesmo.
Agora, essa coisa do ombro a ombro, que isso, to fora, nem com amigo de infancia.
Abracao,
Octavio