quinta-feira, 8 de agosto de 2013

O blog, aposentado

Acho que é hora de deixar o blog para trás, oficialmente. Eu não escrevo aqui faz muito tempo e, sem ter muita história para contar, fica difícil de achar o que escrever, o meu forte não é a ficção mas sim os fatos!

Uma breve história do tempo, pensando em mudanças e trabalho:

  • Mudamos para o Canadá em Junho de 2007, com uma Work Permit; O meu primeiro emprego era complicado, vira e mexe eu não era pago, e eu comecei a procurar um segundo emprego depois de alguns meses no Canadá;
  • Em Agosto de 2008 eu saí do meu primeiro emprego (nesta época a Work Permit levava dois meses para sair, e uma LMO não era necessária), e fui para a Call Genie, onde eu trabalhei por seis meses;
  • Em Março de 2009 fui para a Emerald Associates, onde eu estou até hoje - eu trabalho de casa;
  • Em Agosto de 2011 nós voltamos para o Brasil - estamos morando em Jaguariúna, no interior de São Paulo, e eu trabalho de casa.
Nós moramos em quatro casas, em quatro bairros diferentes - Bankview, Richmond, Signal Hill e Somerset. Eu tive três carros velhos - duas Dodge Caravans, e um Mercury Sable. Uma das Caravans foi dada para subtrair o valor da outra, e os outros dois carros foram vendidos ao ferro velho. 1300, 1200 e 600 dólares respectivamente por cada carro. O último tinha banco elétrico e um cheiro de cigarro que não saía por nada deste mundo.

No primeiro ano do Canadá não tínhamos carro. Eu tinha mais história para contar pegando o trêm e o ônibus, depois que eu comprei o carro eu não tinha mais tanto contato com o mundo - mas ter um carro é meio que essencial em Calgary, a cidade é muito espalhada, e ficou tudo muito mais perto com um carro. Se eu soubesse que dava para comprar carro tão barato... Aliás, coisas que eu sei agora que eu gostaria de já saber antes:
  • Dá para comprar carro barato - dá para financiar carro barato também se você quiser ir por este caminho;
  • Tem Ikea, mas também tem Kijiji para comprar móveis e outras coisas usadas - o Kijiji é muito bom;
  • Tem Garage Sale em Junho e Agosto, e sempre tem coisa boa e muito barata;
  • Os preços dos produtos variam muito dependendo do supermercado;
  • Carro pesado é melhor na neve.
Mas é isso. Foi bom morar no Canadá, quem sabe um dia a gente volte, mas por enquanto a vida é aqui. Algumas fotos do blog não funcionam mais, porque o cabeção aqui apagou uma das contas do Picasa depois de ter migrado as fotos. Este é o meu Picasa:


E é isso aí pessoal. Meu E-Mail é raviaw@gmail.com, mas eu sou meio lento para responder. Eu não gosto de adicionar ninguém no Skype porque o Skype é muito intrusivo.

Fui!

6 comentários:

Anônimo disse...

E no dia em que descobrimos seu blog, você acaba com ele. É uma pena, pois suas histórias são muito interessantes, Ravi.
Mas você voltou para o Brasil. Tudo o que eu queria agora era ir para o Canadá e fugir desta desolação tão cheia de problemas onde as minhas oportunidades, mesmo com doutorado, são poucas e onde meu direito de sonhar é muito limitado. Não aguento mais as instituições ao nosso redor e já perdi as esperanças com a Dilma, o governador, o prefeito e cia... tudo o que eu quero é ir embora... já apliquei e só resta esperar... esperar e esperar...
Pena que o que é um começo para nós para você é o final. Mas a vida é isso... se você está encontrando a felicidade que no fundo eu não encontro mais no Brasil, que seja feliz então!

Ravi disse...

Oi!

O blog vai continuar... Eu agora só desisti oficialmente de continuar a escrever sobre as aventuras Canadenses e Brasileiras.

Marina MT disse...

Sou muito fã do seu blog, fico feliz por voce não acabar com ele, adoro ler suas histórias, e me sinto um pouco realizada só em lê-las, você contou as suas histórias de uma forma que eu consigo visualiza-las, Parabéns e muito obrigada...

Anônimo disse...

Oi Ravi! Descobri o seu blog, nesta semana. Dos inumeros que ja li nos ultimos 5 anos, sobre o tema, o seu eh o mais autentico. Me identifiquei muito, embora as circunstancias sejam diferentes. Eu e minha familia imigramos para a Nova Zelandia em marco de 2008. Chegamos aqui, apenas com o visto de turista e uma reserva de dinheiro. Saimos para nunca mais voltarmos. Nao tinhamos um plano B. Era dar certo ou dar certo. Pesquisei por 9 meses sobre o pais e as nossas chances. Eu e meu marido, ambos com mais de 40 anos e com o ingles que se resumia ao the book is on the table, apostamos o pouco que tinhamos, numa vida melhor, especialmente para nossos 3 filhos, que hoje tem 20, 16 e 15 anos.Fizemos tudo dentro das regras e posso lhe garantir que tem valido a pena todo o sacrificio.Digo sacrificio, porque so contavamos com a profissao do meu marido, para a conquista do nosso objetivo (PR), o resto todo tivemos que lutar muito, para alcancar. Resumindo, ja que falei demais, quando vc quer realmente algo e sua motivacao eh a sua familia, nada ira impedi-lo. Mesmo sem as condicoes de imigracao que os brasileiros que vao para o Canada tem, nos conseguimos imigrar para a Nova Zelandia e aqui somos muito, muito mais felizes do que no Brasil. Tudo de bom pra vc e sua familia! E muito obrigada por seu blog! Marcia

Anônimo disse...

Oi Ravi, seu blog sempre foi muito legal e dava boas risadas. Era o mais autentico mesmo. Vc escrevia a realidade sem churumelas e sem fantasia e ainda dava um toque de humor. Qdo vc chegou aqui eu estava aguardando minha imigracao, eu tinha um visto de turismo e sempre renovava e eu estava perdendo graca de esperar.Qdo finalmente saiu, coisas aconteceram e voltei ao Brasil e morei 1 ano em Brasilia e fui me despedir de familiars em Porto Alegre e la fiquei mais tempo. Fnalmente voltei ao Canada e agora estou radicada aqui. Sempre digo que sou feliz aqui porque ja era no Brasil e nao sei se o fator sol ou alguma coisa que nao sei explicar contribuiu, mas aqui eu nao acho nenhuma graca no inverno. Vou tentar te acompanhar, se bem que vc escrevia pouco, felicidades.

Olá Canadá disse...

Oi! Gostaríamos de saber mais. Conte a sua experiência. Se der entre em contato com a gente! Estamos indo em 2016 para Vancouver ou Toronto. Queremos ouvir mais pessoas que estão aí...

blog Olá Canadá!
Abraços,
Dan e Jo